VOLARE, A LINHA DE MICROS IDEAL PARA O TRANSPORTE COLETIVO URBANO

Mudança de comportamento de passageiros e novas estruturas de mobilidade transformam serviços de transporte e veículos usados em centros urbanos

Sempre pensando à frente do seu tempo, a Volare, marca líder brasileira no segmento de micro-ônibus e pertencente à Marcopolo S.A, vem desenvolvendo veículos que se encaixam a essa nova realidade para oferecer completa linha de modelos que atendem com eficiência, agilidade e robustez as necessidades e características do transporte coletivo urbano de passageiros e oferecer ao operador um veículo mais adaptado à demanda, tanto para uma linha regular como complementar de transporte.

“O grande diferencial da Volare, e o que a tornou marca líder no transporte em grandes mercados, é que temos como um de nossos pilares a capacidade e rapidez de diversificação do portfólio de produtos para antecipar transformações de mercado. Estamos sempre atentos às necessidades dos clientes e o nosso objetivo é colaborar para a mobilidade das cidades brasileiras e oferecer produtos e serviços adequados às características de cada região do País”, salienta Sidnei Vargas, gerente comercial da Volare.

Com amplo portfólio de veículos em outros segmentos, a marca oferece configurações, com capacidade de transportar até 50 passageiros, que contribuem para o uso otimizado da frota. Os modelos Attack 8, Attack 9, Fly 9 e Fly 10 foram lançados para consolidar ainda mais o posicionamento e vanguarda da Volare na oferta de veículos diferenciados e sob medida para as necessidades e demandas das aplicações dos clientes. Apresentam melhor relação custo/benefício se comparados aos veículos com PBT acima de 15 toneladas, tradicionalmente utilizados neste tipo de aplicação.

Os modelos urbanos das linhas Attack e Fly possuem design arrojado e moderno que acompanham as principais tendências no segmento automotivo e mantém diferenciais competitivos já consagrados, como eficiência, robustez e segurança.

“Os modelos têm características que os fazem ideais para as operações urbanas e podem ser utilizados tanto no transporte regular, complementar e alternativo”, acrescenta Vargas.

Soluções sob medida para um mundo em movimento

Nas suas diferentes versões, a linha Attack é recomendada para linhas mais periféricas, por contar com ângulo de entrada e saída da carroceria mais pronunciados, já a linha Fly, para linhas centrais que priorizam o design externo.

As configurações do Attack 8, Attack 9, Fly 9 e Fly 10, que podem contar com duas ou três portas, são diversas. É possível escolher entre diferentes comprimentos, distância entre-eixos, motorização, tanque de combustível, configuração interna (2x2 ou 2x1), modelos de poltronas, acessibilidade na porta dianteira ou traseira, com ou sem cobrador, tomadas USB, além de outros tipos de opcionais disponíveis.

Com largura e altura ideais para melhor agilidade urbana, as configurações começam com comprimentos de 6.535 mm e podem chegar a 10.145mm, com variação de entre-eixos de 3.350 mm até 5.500 mm.

Outro aspecto bastante importante é o powertrain que conta com motorizações Cummins ISF 3.8, de 152 e 162 cv de potência, caixa Eaton de 5 ou 6 marchas e eixos Dana ou Meritor, dependendo do modelo escolhido. Além disso, os veículos contam com PBT que variam entre 8,7 e 10,7 toneladas, sendo projetados e montados com componentes amplamente utilizados no mercado, mantendo baixo custo de manutenção e de reposição de peças, além de manter o alto valor de revenda.

Os veículos podem ser homologados em qualquer órgão gestor, de acordo com seu tipo e aplicação. São projetados e fabricados atendendo critérios estabelecidos pelo Contran, certificações do Inmetro e demais regulamentações brasileiras vigentes, sendo classificados segundo a norma ABNT NBR 15570 - Fabricação de veículos acessíveis de categoria M3 com características urbanas para transporte coletivo de passageiros, como micro-ônibus, miniônibus e midiônibus, com capacidade de passageiros que variam entre 20 passageiros (exclusivamente sentados) até 50 passageiros (sentados e em pé), dependendo da configuração do layout interno escolhido e utilizam o tipo de acessibilidade conforme especificada na ABNT NBR 14022.

Fly 10, o “Midiônibus” de maior capacidade do mercado

O Volare Fly 10, modelo com a maior capacidade de passageiros do mercado nacional em seu segmento, possui amplo espaço interno, melhor circulação no corredor e capacidade para 30 passageiros sentados e 20 em pé, o que faz o modelo ideal para o serviço de transporte urbano, pois proporciona ainda mais o conforto e a segurança para os usuários e eficiência e baixo custo operacional para os operadores, com grande economia de combustível, cerca de 35% menor se comparado a um ônibus convencional.

Sobre a Volare

Criada em 1998, a Volare possui a mais completa linha de modelos do mercado, com configurações de 6 a 10 toneladas, produzidos conforme as demandas de cada cliente, entendendo suas necessidades e desenvolvendo soluções ideais para os seus negócios. Conta com duas unidades fabris, uma em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, e outra em São Mateus, no Espírito Santo, e tem atuação em mais de 30 países na América Latina, Oriente Médio e África.

Conta com mais de 45 pontos de atendimento no Brasil e mais de 20 no exterior. Encontre o concessionário mais próximo em: https://www.volare.com.br/pontos-de-atendimento

Crédito das imagens: Arquivo Divulgação Volare

 

 

Secco Consultoria de Comunicação

José Carlos Secco

e-mail: jcsecco@secco.com.br

Telefone: 11 5641-7407

compartilhe
JCA COMPRA 68 MICRO-ÔNIBUS VOLARE PARA TRANSPORTE URBANO DE GUARULHOS
ESTT BRASIL TRANSPORTES E TURISMO COMPRA NOVOS MICROS VOLARE
FUNDAÇÃO MARCOPOLO DESTINARÁ R$ 5 MILHÕES PARA O RECOMEÇO DO RIO GRANDE DO SUL
ALEXANDRE TURISMO AMPLIA FROTA COM VOLARE FLY 10
VOLARE É DESTAQUE NA PESQUISA "MARCAS DE QUEM DECIDE 2024"